Pimentel vira réu pela terceira vez em 20 dias por denúncia de caixa 2

pimentel1
Nova denúncia contra ex-governador Fernando Pimentel é aceita pela Justiça. — Foto: Reprodução/TV Globo

O ex-governador Fernando Pimentel (PT), virou réu pela terceira vez em menos de 20 dias, cerca de três meses e meio depois de deixar o comando do executivo de Minas Gerais. Nesta nova ação penal, Pimentel é acusado de comandar um esquema de caixa 2 para financiar sua candidatura a governador em 2014.

A denúncia foi aceita nesta segunda-feira (15) pela juíza Luzia Divina de Paula Peixôto, da 32ª zona eleitoral de Belo Horizonte. Segundo a ação, além de omitir uma declaração, Pimentel teria usado de falsidade ideológica em sua prestação de contas à Justiça Eleitoral.

Segundo a magistrada, além de delações premiadas, a denúncia está pautada em “prova documental, como notas fiscais, planilhas, documentos eletrônicos. “

A denúncia diz que a doação de R$ 3,25 milhões de empresas citadas no processo foi acobertada com uso de notas falsas na prestação de contas. Pimentel teria recebido o montante em troca de vantagens, quando ele ainda ocupava o cargo de ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, da presidente Dilma Roussef (PT).

O que diz a defesa

O advogado de Pimentel, Eugênio Pacelli, confirmou a nova ação e disse que a defesa só vai se manifestar nos autos do processo. O ex-governador também está sendo processado por acusações semelhantes de sua campanha ao Senado, em 2010. Além de Pimentel, outras seis pessoas foram indiciadas neste terceiro processo.

Do G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s